Vendas aumentam 10% em junho e dá sinal de recuperação na economia

O resultado é o maior patamar de 2020 até então

Foto: Reprodução

Receita Federal divulgou nesta segunda-feira (6) que a média diária de vendas com nota fiscal eletrônica (NFe) atingiu R$ 23,9 bilhões no mês de junho, um crescimento de 15,6% na comparação com maio e de 10,3% na comparação com um ano antes. O resultado é o maior patamar de 2020 até então, dando um sinal de recuperação na economia.

Conforme informações da Receita, o movimento agregado da NFe capta, sobretudo, as vendas entre empresas de médio e grande porte, da mesma forma que as vendas não presenciais de empresas para pessoas físicas. Os dados de vendas semanais apontam uma certa recuperação progressiva. A última semana de junho registrou vendas de R$ 177 bilhões.

Com impulso desde março, o e-commerce cresceu em quantidade e em valor. As variações percentuais em valor foram de 9,3% em março, 3,3% em abril, 15,5% em maio e 19,2% em junho. O mês de junho teve R$ 670 milhões em vendas eletrônicas e alcançou o melhor resultado deste ano até agora. Além disso, também foi superior em relação ao mesmo mês em 2019.

Em relação igual mês de 2019, a média diária de vendas apuradas com a NFe em 2020 cresceu 20,6% em março, 17,5% em abril, 37,4% em maio e 73,0% em junho. Em comunicado, a Receita afirmou que as quantidades de NFe subiram gradualmente após o choque da Covid-19 e permanecem maiores que no início do ano.