Claro implementará 5G com compartilhamento de frequência no Brasil

Claro implementará 5G com compartilhamento de frequência (foto: reprodução)

A convergência de redes ligada a tecnologia levou a Claro a anunciar a entrada do 5G, a fim de acelerar a implantação da quinta geração de redes móveis no país. O anúncio, feito no começo da semana, ressignifica frequências já usadas no Brasil, mas que será implantada como primeira rede comercial 5G pela operadora.

O compartilhamento usado é da Erison, o dinâmico de espectro, seu processo de dá por meio de faixas de frequência já disponíveis, oferecendo conectividade móvel de quinta geração. Para a operadora, a expectativa é que smartphones com o 5G DSS alcancem conexões 12 vezes mais rápidas do que no 4G convencional.

Implementação em 2021

O prazo para implementação do 5G está previsto para 2021, logo após o leilão do espectro da Anatel, permitindo que operadoras viabilizem novos investimentos na tecnologia. A Claro não divulgou, até o momento, as regiões que irão receber o 5G DDS, a operadora deve anunciar as datas na próxima semana.

O presidente da Claro, José Félix informou a chegada do 5G DDS permite oferecer uma primeira experiência com a quinta geração das redes móveis, utilizando tudo que tem sido investido e que já está disponível hoje.