Microsoft planeja fechar permanentemente lojas físicas e focar no e-commerce

A companhia declarou que nenhum funcionário será demitido em razão das mudanças

Foto: Reprodução

A Microsoft anunciou que planeja fechar permanentemente suas 83 lojas físicas de varejo da Microsoft Store e se concentrar no e-commerce. A companhia afirmou que seus funcionários terão suas funções migradas e adaptadas para a loja online.

Um porta-voz da Microsoft disse à CNBC que todos os funcionários terão a oportunidade de permanecer na empresa. David Porter, vice-presidente corporativo da companhia, declarou em uma publicação no LinkedIn que o compromisso com o crescimento e desenvolvimento de carreiras do conjunto diversificado de talentos que possui está mais forte do que nunca.

O jornal americano The Verge publicou que, segundo uma fonte, o plano era que isso acontecesse só no próximo ano, mas foi antecipado pela pandemia do covid-19. Porter explicou que as vendas online se intensificaram devido à evolução do portfólio de produtos para ofertas digitais.

A decisão foi tomada depois que a Microsoft decidiu fechar temporariamente as lojas em março devido à propagação do coronavírus. As unidades de Nova York, Londres e Sidney, entre outras lojas, deixarão de vender produtos para serem transformadas em centros de experiência.