Veja as novas tendências no mundo do trabalho

Pandemia adiantou mudanças nas relações de trabalho

Overhead view of young businesspeople sitting together at workplace and using digital devices

Desde home office até mudanças nos processos de seleção, o novo coronavírus trouxe alterações no mundo do trabalho. Essas alterações já estavam sendo implantadas aos poucos, mas a pandemia obrigou uma aceleração do processo. 

O G1 elencou algumas tendências apontadas por especialistas. A primeira delas é o home office foi uma das principais mudanças causadas pela covid-19. Com o isolamento social para conter a propagação da doença, o trabalho a distância foi a solução encontrada para que as empresas pudessem continuar as atividades. 

Algumas grandes empresas – como o Twitter, por exemplo – já anunciaram que o home office será o padrão adotado. A não ser que queiram, os trabalhadores não precisarão ir até o escritório para trabalhar. 

Para evitar demitir funcionários e para se adequar à desaceleração econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, as empresas estão promovendo mudanças na organização do trabalho.

São adotados novos esquemas como, por exemplo, semanas de trabalho mais curtas, redução da jornada de trabalho ou acordos de compartilhamento para evitar folgas em períodos com menos funcionários. 

Está havendo também mudanças nas relações de trabalho com o aumento do engajamento virtual. Reuniões, confraternizações, sessões de check-in e check-out, diários entre líderes e colaboradores, sessões de feedback, entre outros, deverão ser feitos de modo online. 

A tecnologia muda também as formas de contratar profissionais. Todo o processo, desde a seleção até a entrada do novo funcionário na empresa, tem sido feito de forma online. É preciso ficar preparado para entrevistas online, pois elas serão cada vez mais frequentes.

Além disso, ter uma boa conexão será pré-requisito; como home office será uma realidade, o empregado precisará ter disposição de equipamentos e internet. 

As empresas terão que garantir a segurança no local de trabalho, fazendo adaptações para seguir o protocolo e evitar que seus funcionários fiquem doentes.

Entre essas adaptações, está a  diminuição de funcionários no ambiente de trabalho – com o rodízio entre trabalho presencial e remoto -, distância maior entre as mesas de trabalho, disponibilidade de equipamentos de proteção individual e medição de temperatura na entrada.