Dez vacinas estão sendo testadas em humanos

Quem está liderando a corrida são os testes do Reino Unido, da China e dos Estados Unidos

A corrida pela vacina contra o novo coronavírus continua. Atualmente, dez, das 136 vacinas em estudo, estão em fase clínica ou seja, sendo testadas em humanos e apenas uma já se encontra na fase 3, o momento de testagem maciça. 

Quem está liderando a corrida são as pequisas do Reino Unido, da China e dos Estados Unidos. Apesar dos avanços, no entanto, especialistas preveem que campanhas de vacinação só serão possíveis a partir do ano que vem.

A vacina da Universidade de Oxford é a que está na fase mais avançada das testagens e a partir do final deste mês, deve aferir a eficácia em 10 mil pessoas. De acordo com especialistas, deve-se iniciar a produção em larga escala dessa vacina até o final do ano. Em um cenário otimista, a imunização poderia começar em abril do ano que vem. 

A infectologista Rosana Richtmann, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, afirmou que quanto mais vacinas em estágios avançados melhor, mas que, apesar da pressa, tudo tem de ser feito de acordo com os protocolos de pesquisa. 

Na quinta-feira passada (11), o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que o Instituto Butantan fechou uma parceria com a empresa chinesa Sinovac Biotec para testar no Brasil uma vacina contra o coronavírus. Em julho, nove mil voluntários testarão a vacina, que já está em fase final.