EUA estima produção de milhões de doses de vacina até início de 2021

A vacina entrará, brevemente, na Fase III, período final de testes

EUA estima milhares de doses de vacina até o início de 2021 (foto: reprodução)

Toda a população aguarda pela tão esperada vacina contra a Covid-19, mas ainda é cedo pare chegar a uma data exata para que todos comemorem esse dia memorável. Enquanto isso, o que podemos saber é que, até o início de 2021, pelo menos 100 milhões de doses prontas. A novidade veio dos Estados Unidos, por meio do diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas (Niaid), Anthony Fauci, na última terça-feira (2).

Quem está à frente da produção da vacina é a empresa de biotecnologia Moderna em parceria com o Niaid. Sem resultado final, até agora, a vacina está em processo de andamento e entrará brevemente em sua Fase III, período final de testes em que voluntários recebem doses da imunização.

Fase III

De acordo com Fauci, o objetivo real de tudo isso será a Fase III, que começa na primeira semana de julho, assim espera ele. Esse será o período no meio do verão americano. O grupo de testados terá o perfil de indivíduos com doenças pré-existentes, pessoas idades entre 18 e 55 anos, envolvendo pelo menos 30 mil pessoas. Fauci relata que será todo o espectro.

As vacinas estão em fase de testes, portanto, não há nenhuma evidência de que os resultados serão satisfatórios, mas ainda assim, o objetivo é já iniciar a produção das doses. Pelo menos 100 milhões de doses estarão prontas entre novembro e dezembro e ficarão armazenadas em laboratórios.