Tráfego aéreo de passageiros aumentou 30% entre abril e maio

O setor está sendo bastante afetado pelas restrições impostas devido a pandemia de coronavírus

Foto: Reprodução

De acordo com informações da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), o tráfego aéreo global de passageiros aumentou 30% entre abril e maio. Vale destacar que o setor está sendo bastante afetado pelas restrições impostas pelos países, devido a pandemia de coronavírus (covid-19).

Segundo a IATA, o preço médio das passagens aéreas em voos domésticos teve queda de 23% entre os dois meses em questão. A diminuição do preço médio dos tickets foi realizada para poder aumentar a demanda entre os consumidores em meio ao atual momento em que as pessoas estão evitando viagens, reduzido o tráfego aéreo como um todo.

O economista-chefe da IATA, Brian Pearce, afirmou que as companhias aéreas precisam de dinheiro por causa da crise e estão tentando incentivar os consumidores com tarifas mais baixas. Pegando como exemplo a China, o preço médios das passagens aéreas no país asiático teve queda de 40%.

Pearce afirmou que o ponto mais baixo para o setor de aviação nesses meses foi abril. O executivo ainda diz que, em maio, o setor começa a se recuperar, principalmente na região Ásia Pacífico, ajudado por uma mistura de tarifas mais baixas e relaxamento das normas de isolamento social em alguns mercados.

O presidente da IATA, Alexander de Juniac, pediu para que os governos da América Latina dessem mais apoio para as companhias aéreas. Ele destaca que, no Brasil, o governo adotou iniciativas para dar suporte às companhias aéreas, mas este não é o caso do restante da América Latina. Segundo ele, todas as empresas da região estão em apuros.