Novo layout mostra o futuro dos escritórios no retorno às atividades

Escritórios sofrem alterações para se adequar à nova realidade

O isolamento social provocado pela pandemia de coronavírus trouxe mudanças na forma de trabalhar, e as empresas já estão pensando em como modificar seus escritórios para se adequar à nova realidade. 

Em entrevista ao Época Negócios, o gerente de arquitetura da ITS Informov, Douglas Enoki, afirmou que houve um aumento da demanda das grandes companhias que buscam soluções para voltar ao trabalho nesse cenário desafiador. 

Entre as novas propostas, está um novo layout que, em função do home office, contemplará o compartilhamento de estações de trabalho, com divisórias de acrílico para separar as mesas e assim, proteger os funcionários. 

Nas salas de reunião, haverá equipamentos para videoconferência. Ocorrerá uma melhoria dos equipamentos e sistemas digitais para dar mais agilidade em reuniões à distância. Outra proposta é uma sala de reuniões com mesas em U para garantir a distância de 2 metros entre as pessoas. 

Os escritórios do pós-pandemia também estão sendo projetados para evitar toques. Segundo o Época Negócios, no controle de acesso dos funcionários, as empresas devem passar a adotar o QR Code ou leitor facial.  Já nos banheiros, alguns projetos preveem acionamento de descarga pelo pé e automático para torneiras. Para evitar o contato com interruptores, há o acionamento automático da iluminação. 

A maior preocupação dos empresários é reduzir o adensamento dos escritórios. Por isso, além de um maior espaçamento entre as mesas, é preciso haver uma maior rotatividade dos funcionários. O trabalho remoto será adotado pelo menos alguns dias na semana, havendo revezamento de trabalhadores nos escritórios.