Caixa destinou R$ 60 bi em auxílio emergencial até 23 de maio

Além disso, as inscrições para pedir o benefício atingiram a marca de 101,2 milhões

Foto: Reprodução

A Caixa Econômica Federal informou no último sábado (23) que realizou o pagamento de R$ 60 bilhões em benefícios do auxílio emergencial, somando as primeiras e segundas parcelas. No total, 55,1 milhões de pessoas receberam a primeira parcela, enquanto 30,4 milhões já obtiveram a segunda parcela.

Desse valor total pago até o momento, R$ 22,8 bilhões foram destinados a beneficiários do Bolsa Família e R$ 11,7 bilhões para os inscritos no Cadastro Único para os Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Para aqueles que realizaram o cadastro pelo site ou aplicativo do auxílio emergencial foram disponibilizados R$ 25,5 bilhões.

Além disso, as inscrições para pedir o benefício atingiram a marca de 101,2 milhões. Desses, 59 milhões foram considerados elegíveis, enquanto 42,2 milhões tidos como inelegíveis. Cerca de 10 milhões de pessoas ainda aguardam para saber se tem direito ao benefício, 4,9 milhões de cadastros permanecem em análise e outros 4,8 milhões em reanálise.

O auxílio emergencial é aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. O benefício tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus. O valor de R$ 600,00 será pago por três meses, para até duas pessoas da mesma família.