Comunidade de gamers se une no combate ao coronavírus

O objetivo principal é contribuir na luta para reduzir a propagação do vírus

Comunidade de gamers se junta no combate ao coronavirus (foto: reprodução)

Além de proporcionar divertimento, relaxamento e fazer com que os querenteners “esqueçam” um pouco o mundo real, os gamers estão indo além do seu papel de entreter e é o mais um segmento que tem cooperado no combate ao novo coronavírus.

De jogadores aos que ficam por trás dos jogos, a objetivo principal é contribuir na luta para reduzir a propagação do vírus que já fez e continua fazendo milhares de vítimas por todo o mundo.

Acompanhe algumas iniciativas tomadas pelos envolvimentos no segmento de game:

Doações


Integram a lista de doadores grandes empresas com reconhecimento mundial. Oferecendo 5% da renda de Red Dead Online, a Rockstar é uma das empresas que procurou contribuir com a causa. Além dela, a Sony montou um fundo de US$ 100 milhões para que irá beneficiar várias organizações. Outra forte aliada na corrente é 343 Industries, que iniciou o projeto de venda de camisetas e o dinheiro arrematado, cerca de US$ 430 mil foi destinado para doações.

A Humble Bundle reverteu à doação todo valor que recebeu com o pacote de jogos montado pela equipe. Com a ajuda de gamers celebridades, a Twitch Stream Aid levantou mais de US$ 2,7 milhões e mais US$ 150 mil doados pela Ubisoft, todo valor foi para doações. A Razer produziu 1 milhão de máscaras que foram doadas em prol do combate ao coronavírus. A Bethesda doou US$ 1 milhão para organizações distintas.

Do isolamento social à aproximação virtual

Por conta da pandemia, diversos eventos importantes precisaram ser adiados e/ou até cancelados, mas se engana quem acha que não existem outras maneiras de realizar seus compromissos mantendo a segurança de todos. A fim de evitar aglomeração e ser um mau exemplo para a sociedade, um casal de New Jersey realizou seu casamento virtual em sua ilha de jogo.

A data do casamento estava prevista para o dia 12 de maio. Em vez de cancelarem um dia tão esperado pelos dois, eles juntaram seus gostos parecidos pelos jogos virtuais e fizeram dessa ocasião algo mais “íntimo”, em algo inovador e totalmente fora da casinha.

Os casal que tem o mesmo amor pelo Animal Crossing: New Horizons, resolveu se inspirar nos jogos e misturar a realidade de se casar com a fantasia dos jogos eletrônicos. Sharmin Asha, a noiva, declarou que o noivo, Nazmul Ahmed, fez algo inusitado.

Ela disse que não sabia de nada, então ele a chamou para coletar recursos em sua ilha, já que ele estava jogando há mais tempo que ela. Assim que Asha chegou lá, ele estava no aeroporto e havia setas no chão. Ele disse que estava acontecendo um evento especial no jogo, então eles seguiram as setas juntos.

As setas levavam a um local na praia onde um casamento virtual havia disso improvisado. Os amigos do casal, que também jogavam Animal Crossing, puderam participar da comemoração e ali o casal trocou os votos.

Doações japonesas para crianças isoladas

O grupo japonês Jarga (Japan Retro Game Association), que é encarregado da preservação da memória dos jogos eletrônicos anunciou a doação de cem unidades do SNES (Super Nintendo!) para famílias confinadas que tivessem crianças menores de 16 anos em casa. De acordo com a Jarga, além do SNES em si, o kit também trazia os cabos, um controle e dois jogos, Final Fantasy VI e Donkey Country, ambos são fáceis de jogar, o que faz com que até iniciantes possam apreciar.

O último adeus

Sabe-se que o paciente que morre por conta da Covid-19 não pode receber muitos familiares, os amigos então, são impedidos de estarem presente no último adeus. Uma jogadora cujo nome virtual era Ferne Le’roy da Figaro National Guard FC faleceu após ter contraído o vírus.

Não sendo permitido a presença de tanta gente, os amigos virtuais resolveram se despedir fazendo um funeral online no servidor Zalera. Mesmo não estado presente fisicamente, seus amigos fizeram questão de homenagear a colega.

A iniciativa além de ser uma bela forma de dar um adeus a um colega ou conhecido, é uma maneira de evitar ser contaminado e contaminar a outros.