Financiamento do BNDES para pequenas empresas será liberado em junho

Serão escolhidas dez empresas de máquinas de cartão e fintechs parceiros na distribuição de fundos

Para amenizar os efeitos causados pela crise do novo coronavírus, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) prevê para o fim de junho, o início da distribuição do crédito de seu programa para apoiar pequenas e médias empresas, além de empreendedores individuais.  

A medida envolve empresas de máquinas de cartão e fintechs e por isso, segundo o Valor Econômico, o esperado é que a iniciativa traga mais competitividade ao mercado, reduzindo as taxas de juros. 

A partir de uma concorrência para receber propostas para a criação de fundos de investimento, serão escolhidos dez empresas de maquininhas de cartão e fintechs na distribuição dos fundos no mês de maio. Os recursos devem estar disponíveis no final de junho. 

Ainda segundo o Valor, O BNDES vai participar com 80% das cotas e os investidores privados com 20%. O programa pode atrair mais R$ 1 bilhão, aportando, assim, R$ 5 bilhões. As empresas escolhidas serão responsáveis por originar o crédito ou seja, identificar os clientes e conceder recursos.