Cielo adapta maquininhas para cartão virtual do coronavoucher

Equipamentos da empresa vão passar a aceitar cartão de débito virtual emitido pelo Caixa

Foto: Reprodução

A Cielo informou que adaptou algumas de suas maquininhas de cartão para que aceitem pagamentos feitos com o cartão de débito virtual do auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, conhecido como coronavoucher.

Com a adaptação, as filas que estavam sendo formadas nas agências físicas da Caixa Econômica Federal, pelos beneficiários do coronavoucher, devem diminuir. Cerca de 80% dos usuários foram até o banco para sacar o benefício, já que não há um cartão físico para realizar o pagamento de contas. 

Somente 20% fizeram transferências eletrônicas ou pagamentos em compras virtuais. O presidente da Cielo, Paulo Caffarelli, declarou que a solução reduz a necessidade de os beneficiários enfrentarem longas filas para sacar os recursos nos bancos, diminuindo riscos de contaminação pelo novo coronavírus.

De acordo com Caffarelli, a transação será viabilizada a partir de um aplicativo criado pela companhia de serviços financeiros. Desse modo, para que o pagamento seja realizado, os vendedores devem colocar os dados do cartão de débito virtual da Caixa do cliente na maquininha LIO.