“Aproximação virtual” faz audiência crescer 100% entre streamers brasileiros

De acordo com uma pesquisa recente, a pandemia aumentou em 100% o contato virtual entre streamers e seu público

Eduardo Benvenuti, stream brasileiro (foto: reprodução)

A pandemia causada pelo novo coronavírus tirou de milhares de pessoas a liberdade de ir e vir, estar nas ruas e do lazer. Para os amantes da internet, o tempo livre proporcionou maior interatividade remota.

A presença de onlines aumentou em 100%. A presença mais assídua de jogadores brasileiros foi percebida por alguns dos principais streamers do gênero do país.

Mais tempo livre, maior a audiência de diversos gamers. A subida de percentual foi notada pela Twitch, serviço focado em stream de jogos, relatou um aumento significativo de audiência. Outras plataformas que são reconhecidas por transmitirem games como YouTube e Facebook Gaming preferiram não divulgar os números exatos desse aumento durante o período.

Não apenas jogadores brasileiros “bombaram” nos games, outros países relataram maior audiência de stream. Os Estados Unidos registraram transmissões 50% de crescimento, logo em seguida veio a França com 40% de audiência.

Alguns gamers que criaram canais no YouTube a fim de chamar a galera que curte jogos para se divertir, apontam o isolamento social como maior contribuinte para esse aumento na audiência. Em entrevista ao G1, Eduardo Benvenuti vulgo BRKsEdu, relatou que houve um crescimento de 66% em visualizações e de 97% em tempo de exibição em seu canal, que já ultrapassou a faixa de 8 milhões de inscritos.

Para ele, ficar preso dentro de casa pode ser bastante entediante, então entendo claramente que as pessoas estejam buscando distrações, sejam através de streaming de música, seriados, filmes e esportes.

Com um salto significativo nas visualizações, outro canal que subiu de 24 milhões em fevereiro para 31 milhões em audiência nos últimos dias, o PlayHard, canal do Bruno Oliveira Bittencourt considera o isolamento um grande fator para essa mudança. Não somente cresceram as visualizações, mas Bruno ressaltou que o público parece mais estressado e isso consegue ser percebido com reações negativas dos seguidores.

Bruno achou que o público ia dobrar, mas o que aconteceu é que a oferta cresceu muito também. Os números não ficaram tão grandes para cada stream.

Segundo Bruno, os seguidores estão mais estressados. Eles estão mais reativos a coisas negativas e se manifestam sua desaprovação nas midias sociais.