FIEMA e SESI realizam doação de cestas básicas para famílias desabrigadas

A iniciativa foi realizada pelo Sistema FIEMA, por meio do Serviço Social da Indústria

FIEMA e SESI doaram 75 toneladas de alimentos às famílias desabrigadas por enchente (foto: reprodução)

Por conta de enchentes que estão atingindo municípios maranhenses, algumas famílias estão passando por momentos tensos, a fim de ajudar essas pessoas, o Sistema Fiema, por meio do Serviço Social da Indústria, irá doar 75 toneladas de alimentos (cestas básicas) às comunidades da zona rural. As cestas que vão ser destinadas às famílias, foram entregues na Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), nesta terça-feira (28).

As doações serão entregues para os municípios de Açailândia, Aldeias Altas, Alto Alegre, Pindaré, Arame, Bacabal, Boa Vista do Gurupi, Carutapera, Caxias, Codó, Conceição do Lago-Açu, Davinópolis, Grajaú, Imperatriz, Itaipava do Grajaú, Itapecuru-Mirim, Nina Rodrigues, Pedreiras, São Luiz Gonzaga, Trizidela do Vale e Vitória do Mearim e possíveis outros municípios.

Na entrega das cestas estiveram presentes um grupo com importantes representantes do estado, entre eles, Celso Gonçalo, diretor da Fiema e conselheiro do SESI, que representou o presidente Edilson Baldez, o superintendente da FIEMA, Cesar Miranda, Diogo Lima, superintendente do SESI-MA e Erlanio Xavier, presidente da Famem.

A Famem quer agradcer a FIEMA/SESI em fazer essa doação que vai beneficiar muitas famílias. Agradeceu a todos da direção da FIEMA em nome de Celso Gonçalo por essa iniciativa que vai ajudar as prefeituras das cidades atingidas pelas enchentes e que ainda sofrem com a covid-19. Só tem a agradecer essa parceria com a FIEMA/SESI pelo segundo ano consecutivo que se coloca à disposição para ajudar essas cidades, declarou Celso Gonçalo, diretor da FIEMA e conselheiro do SESI.

Já o superintendente do SESI, Diogo Lima, informou que o SESI-Ma está orientando as indústrias maranhenses e seus trabalhadores de como passar por este momento de pandemia. Mais recentemente iniciaram um projeto que abrange a distribuição de máscaras e kits de higiene para as indústrias da capital, e a divulgação do Guia SESI de Prevenção da Covid-19.

Com o enfrentamento da Covid-19 e as precauções tomadas para evitar a propagação do vírus, diversos setores do estado tiveram ajuda, a iniciativa começou no setor da construção civil, área de Saúde e Segurança, e na Área de Alimentação e Nutrição e Cultural que tem à sua frente o SESI.