Banco Central registra saída líquida de US$ 3,4 bilhões em abril

Banco Central registra saída líquida de US$ 3,4 bilhões em abril

Foto: Reprodução

Após encerrar março com um volume de saídas líquidas de US$ 6,5 bilhões, o país registrou um fluxo cambial negativo de US$ 3,4 bilhões em abril, no acumulado até esta quarta-feira (29), de acordo com dados do Banco Central. Esse resultado ficou 47,7% abaixo do registrado no mês anterior.

No acumulado do ano, o fluxo cambial ficou negativo em US$ 14,7 bilhões, sendo que o canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 32,9 bilhões no período de janeiro até 29 de abril. Esse grupo segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

É o quarto mês consecutivo com saídas líquidas do país. A diminuição do saldo negativo do fluxo cambial teve contribuição do comércio exterior que registrou superavit de US$ 3,8 bilhões nos 29 dias de abril.

No acumulado do ano, o resultado positivo das trocas comerciais foi de US$ 18,2 bilhões, com US$ 48,1 bilhões em importações e US$ 66,3 bilhões em exportações, incluindo US$ 12 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 22,6 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 31,7 bilhões em outras entradas. Em 2019, o fluxo cambial registrou a saída líquida.