Auxílio emergencial é creditado para cerca de 46,2 milhões de brasileiros

O total de contemplados supera a população de países como o Canadá e a Argentina

Foto: Reprodução

Cerca de 46,2 milhões de brasileiros já tiveram a primeira parcela de R$ 600 do Auxílio Emergencial creditada em suas contas, o que representa a liberação pelo governo federal de R$ 32,8 bilhões, segundo o Ministério da Cidadania. Os números foram atualizados pela Caixa Econômica Federal no fim da tarde dessa quarta-feira (29).

O total supera a população de países como o Canadá (37,5 milhões de habitantes) e a Argentina (44,5 milhões). Já o aplicativo criado pela Caixa teve 67,5 milhões de downloads e permitiu 49,2 milhões de cadastros. A Central de Atendimento 111, para tirar dúvidas das pessoas, recebeu mais de 98,6 milhões ligações.

O esperado é que até 70 milhões de brasileiros recebam os recursos. O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou que já foi superado 45 milhões de brasileiros contemplados, isso contando 14,2 milhões ligados ao Programa Bolsa Família, outros milhões do Cadastro Único Federal que não são do Bolsa Família) e já estão virando a casa dos 15 milhões no aplicativo.

O auxílio

O auxílio emergencial é um benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos, desempregados, integrantes do Bolsa Família e pessoas inscritas em outros programas que constam do Cadastro Único. O objetivo é fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do coronavírus.