Facebook lança videochamada gratuita para até 50 pessoas

A empresa reage ao crescimento da Zoom e oferece opção para videoconferências para quem trabalha de casa na quarentena

Foto: Reprodução

O Facebook anunciou uma série de novos recursos de videochamada, incluindo o Messenger Rooms, que permite que os usuários realizem videochamadas com até 50 pessoas. Os novos recursos chegam a medida que mais usuários recorrem aos aplicativos para socializar com seus amigos e familiares, permanecendo em quarentena em virtude da pandemia.

Segundo o Facebook Messenger, mais de 700 milhões de contas por dia participam de videochamadas, considerando tanto o Messenger quanto o WhatsApp — que também iniciou um teste com aumento de participantes em videochamadas. As chamadas nas salas do Messenger não têm limite de tempo e incluem recursos como filtros de realidade aumentada.

Com o anúncio do Facebook, as ações da Zoom Video Communications, startup americana de videochamadas, caíram 3% no mercado americano — as ações da Zoom, chegaram a subir 60% neste ano. Quem faz chamadas de vídeo por meio do aplicativo da Zoom pode incluir um total de 100 participantes, desde que a chamada dure, no máximo, 40 minutos.

O Facebook disse que também expandirá seus recursos de transmissão ao vivo no Facebook e no Instagram. Os usuários do Instagram, por exemplo, agora poderão postar suas transmissões ao vivo na IGTV — área do app que rivaliza com o YouTube —, dando aos seguidores uma janela de tempo mais longa para assistir a transmissões ao vivo depois de gravadas.