Zoom reforça segurança e privacidade com atualização 5.0 de sua plataforma

A implementação será por meio da criptografia AES-GCM de 256 bits

Zoom irá reforçar segurança e privacidade de sua plataforma (foto: reprodução)

O Zoom, responsável pelo aplicativo de videochamada e videoconferência, vinha perdendo credibilidade diante de seus clientes, por problemas de falta de segurança e privacidade.

Para se reerguer diante do público, a empresa vai atualizar a plataforma, assegurando esses quesitos as milhões de usuário que entrarem em canais de videoconferência em meio à pandemia.

O processo de mudança será por meio de um dos tipos mais complexos do Padrão de Criptografia Avançada e será implementada a criptografia AES-GCM de 256 bits. O que se espera, por enquanto, mesmo que a criptografia não seja de ponta a ponta, oferecerá maior segurança para os dados fornecidos pelo Zoom. Saltando para 5.0, a atualização será lançada no próximo fim de semana.

Com a migração para essa nova criptografia, opções como interromper chamadas, remover participantes, restringir o compartilhamento de tela e denunciar outros usuários de forma simples e rápida, estarão disponíveis para as pessoas.

Serão tomados novos passos para a melhoria da plataforma, mas, por enquanto, o primeiro e mais importantes deles é cuidar da privacidade dos usuários. Outros pontos cruciais serão ajustados, um deles, é a forma de atualização, que será manual em vez de executada over-the-air (OTA).