China descobre medicamentos contra a covid-19

O medicamento impede que o Sars-Cov-2 se multiplique dentro do corpo humano

Realizado pela Academia Chinesa das Ciências, um estudo descobriu dois medicamentos para serem usados contra o novo coronavírus. Eles impedem que o vírus se multiplique dentro do corpo humano a partir do bloqueio da enzima protease, que permite a essa multiplicação. 

Segundo a revista especializada Science, as moléculas chamadas de inibidores de protease 11a e 11b estão passando pelos primeiros testes. Testadas em um cultura celular, ambas “inibiram fortemente a protease da SarsCoV-2”. 

Os experimentos foram feitos em ratos e os inibidores da protease 11a mostraram baixa toxidade. Agora, a pesquisa segue para a fase pré-clínica para mais resultados sobre efeitos tóxicos.

Ainda não há data para que eles sejam testados em humanos, mas os medicamentos já se juntam a outro descoberto na Holanda, que bloqueia a mesma enzima, e um da Alemanha, que age contra a proteína spike – que permite que o vírus invada as células.