Bradesco e BB doam R$ 20 mi a produção de testes de coronavírus

A doação será realizada através da EloPar, holding controlada pelos bancos

Foto: Reprodução

O Bradesco e o Banco do Brasil irão doar R$ 20 milhões à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para a produção de kits de testes rápidos para o novo coronavírus. A doação será realizada através da EloPar, holding controlada pelos bancos. A companhia é acionista majoritária da Bandeira Elo, além das empresas Alelo, Livelo, Veloe e Digio.

As instituições financeiras afirmaram que todos os kits já contam com tecnologia brasileira desenvolvida pela fundação, reconhecida internacionalmente e com amplo histórico nos campos da pesquisa científica e do desenvolvimento tecnológico na área da saúde. Os recursos serão destinados ao Ministério da Saúde.

Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente dos Conselhos de Administração do Bradesco e da Elopar, afirmou que as instituições estão somando suas contribuição aos esforços de toda a sociedade brasileira em busca de respostas rápidas no combate ao coronavírus. O Brasil tem 2.462 mortes e 38.654 casos, segundo balanço divulgado neste domingo (19).

Esta é mais uma rodada de doação de grandes bancos para iniciativas de combate ao coronavírus. Nesta semana, o Itaú anunciou R$ 1 bilhão, levando o montante doado nos últimos 40 dias por empresas, famílias e pessoas físicas a um recorde de R$ 2,5 bilhões, segundo o Monitor de Doações da Covid-19. Do total de recursos, 63% vem do sistema financeiro.