Netflix cria fundo de R$ 5 milhões para trabalhadores brasileiros

O esperado é que até 5 mil trabalhadores e freelancers sejam beneficiados

Foto: Reprodução

A Netflix anunciou nesta terça-feira (14) que, em parceria com o Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros (ICAB), criou um fundo de auxílio emergencial a trabalhadores impactados pela pandemia do novo coronavírus. Ao todo, o fundo distribuirá R$ 5,22 milhões.

O objetivo é ajudar cerca de 5 mil trabalhadores e freelancers da comunidade criativa brasileira, com um pagamento de R$ 1.045, valor de um salário mínimo. Estão aptos a solicitar o benefício profissionais como produtores, assistentes, coordenadores, operadores e técnicos, os mais atingidos com a interrupção da produção audiovisual no Brasil.

Contribuintes com os mais diversos departamentos de produção como câmera, áudio, arte, maquiagem, cenografia, logística e figurino, que recebem, majoritariamente, por semana ou trabalham sem contratos garantidos, estão dentre os beneficiários do programa.

Segundo a plataforma de streaming, as doações fazem parte do fundo de US$ 100 milhões — aproximadamente R$ 509 milhões — anunciado no dia 20 de março para auxiliar com trabalhadores prejudicados em vários países. E o Brasil, segundo a companhia, é onde a Netflix tem uma grande base de produção.