“Coronavoucher”: App de cadastramento estará disponível na terça-feira

Nesta sexta-feira, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou um aplicativo para cadastramento de quem tem direito ao auxílio emergencial

Nesta sexta-feira (3), o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse que, a partir desta terça-feira (7), ficará disponível para download um aplicativo de celular para cadastrar os trabalhadores informais que têm direito de receber o auxílio de R$ 600. 

O cadastro poderá ser feito também por telefone – o número será divulgado posteriormente – e através de um site – que ainda está em desenvolvimento. Além disso, os usuários poderão se cadastrar em agências, mas a recomendação é que tudo seja feito online de modo a evitar aglomerações. 

Onyx falou ainda que o dinheiro será creditado em conta bancária ou o trabalhador receberá uma autorização para fazer o saque nas lotéricas. Aqueles que não têm conta, terão uma conta digital aberta de forma gratuita. Quem já tiver em outro banco, receberá uma TED de graça. Há também a previsão de que futuramente o auxílio poderá ser sacado em caixas eletrônicos. 

A previsão também é de que o trabalhador possa receber o auxílio 48 horas depois de concluir o cadastramento pelo aplicativo.  Para pessoas sem carteira assinada e renda fixa, o auxílio emergencial é uma medida para tentar aliviar a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus e os efeitos do isolamento social.