Executivos propõem redução de salário salários por causa da pandemia

O salário dos integrantes do conselho serão reduzidos em 50% e de 30% nos vencimentos

FCA reduz em 50% salário dos executivos da empresa (foto: reprodução)

Com a pandemia da Covid-19, diversos setores sentiram impacto nas últimas semanas. Além de funcionários contratados terem seus salários reduzidos, empresários tiveram a mesma iniciativa. Nos próximos três meses, o salário de membros do conselho da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), gerido pelo CEO Mike Manley, será reduzido em 50% e de 30% nos vencimentos.

A informação foi passado ontem, na segunda-feira (30). Os funcionários receberam cartas que relatavam o não pagamento de membros como o presidente John Ekann e integrantes do conselho de administração. A decisão entre os mesmo, foi de até o fim desse ano abrirem mão de receber seus salários todos os meses.

De acordo com um dos executivos, proteger a saúde financeira da empresa é responsabilidade de todos, a partir, naturalmente, deste executivo e da equipe de líderes. O objetivo primordial, agora, é evitar uma redução de pessoal no segundo trimestre.

Já o CEO declarou que a pandemia não poupou a família, ela tocou em nível pessoal, com alguns colegas atualmente em convalescênça ou quarentena. Mas, com profunda tristeza, toda a equipe se encontra também a lembrar daqueles que perderam seus entes por causa dessa pandemia. Nesse momento de dor, nossos pensamentos vão a eles e suas famílias. O coronavírus não é algo distante: está aqui, entre nós.