Facebook investe US$ 100 mi em jornalismo devido à crise

Veículos locais deverão ser afetados pelo novo coronavírus

Foto: Reprodução

Na altura em que a pandemia do coronavírus se encontra, o acesso a informação é mais importante do que nunca. Desta forma, o fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou que comprometeu-se em investir US$ 100 milhões na indústria de notícias.

Segundo Zuckerberg, serão US$ 25 milhões disponibilizados em subsídios para notícias locais através do Facebook Journalism Project, enquanto os restantes 75 milhões de dólares virão sob a forma de gastos adicionais de marketing para organizações de notícias em todo o mundo.

Espera-se que os jornalistas sejam duramente atingidos pelas consequências econômicas do surto de coronavírus. A receita de publicidade que muitos jornalistas dependem está espremida, já que as empresas cortam orçamentos de marketing em meio à incerteza financeira.

Zuckerberg explica que, no momento, os jornalistas estão trabalhando em condições muito difíceis para manter suas comunidades informadas, e que o objetivo é fortalecer a cobertura de notícias locais sobre o coronavírus. Cerca de 50 redações locais nos Estados Unidos e no Canadá já receberam a quantia doada pelo Facebook.

Link do projeto: https://www.facebook.com/journalismproject