Uber pagará por 14 dias colaboradores que contraírem coronavírus

O objetivo é compensar o período sem trabalhar

Foto: Reprodução

A Uber anunciou que pagará motoristas e entregadores que contraírem o novo coronavírus ou tiverem quarentena decretada por órgão de saúde durante 14 dias, com o objetivo de compensar o período sem trabalhar. O auxílio será com base na média diária de ganhos do colaborador nos seis meses anteriores.

Além disso, a empresa anunciou que entregará recursos para que motoristas possam manter os carros de trabalho limpos e higienizados. As cidades mais afetadas pela pandemia de coronavírus terão prioridade na iniciativa. Conforme estimativas da Uber, 1 milhão de pessoas trabalham com o aplicativo no Brasil.

Todas as informações da iniciativa podem ser acessadas pelos colaboradores diretamente no aplicativo, dentro da área “Política de Auxílio”. Mensagens foram enviadas a usuários e motoristas, como lembretes para lavar as mãos, abrir as janelas do carro e sentar no banco de trás, por exemplo, para reduzir o contágio.