Pandemia de Coronavírus interrompe produção de veículos na Europa

Empresas europeias decidiram paralisar suas operações para conter a pandemia

Nesta segunda-feira (16), várias empresas decidiram paralisar parte de suas operações para conter a pandemia de coronavírus. Entre elas, estão a Ford, Renault, Ducati, Grupo VW, PSA e FCA. No Brasil, no entanto, a produção de veículos ainda continua. 

Itália

Com o surto se espalhando pela Itália, a FCA Fiat Chrysler decidiu fechar até o dia 27 de março suas fábricas das cidades de Melfi, Pomigliano, Cassino, Mirafiori, Grugliasco e Modena. As fábricas da empresa no país representam mais de 65% da produção do grupo em toda a Europa e 18% de sua produção global. 

A Ferrari também fechou suas fábricas na Itália temporariamente – também até o dia 27 de março. A Lamborghini fechou sua fábrica em Bolonha até 25 de março.

Outros países

A PSA, produtora das linhas de montagem das marcas Peugeot, Citroen e DS, decidiu fechar todas as suas fábricas na França, Espanha, Alemanha, Inglaterra, Polônia, Portugal e Eslováquia até 27 de março. Unidades da Opel na Alemanha e Polônia e da Vauxhall (Reino Unido) também vão parar suas operações.

Já a Renault confirmou que vai fechar 12 unidades de produção na França. Nesta segunda-feira, ela já havia fechado duas na Espanha devido a falta de peças, que afetou também a Volkswagen, diminuindo em 16% sua produção em Portugal, além de interromper a produção na Eslováquia. 

A Ford fechará por uma semana sua fábrica em Valência após três funcionários testarem positivo para o coronavírus. A fábrica é uma das maiores da empresa fora dos EUA. 

E no Brasil? 

No Brasil, o coronavírus avançou na última semana, mas ainda não impactou na produção de veículos. De acordo com o site Automotive Business diversas montadoras se pronunciaram sobre a situação e todas confirmaram que a produção segue dentro da normalidade. Apesar disso, as fábricas adotaram medidas preventivas contra o COVID-19 – como home office, por exemplo.