Governo reduz projeção de alta do PIB em 2020 para 0,02%

A inflação houve alta de 3,05% do IPCA neste ano

Foto: Reprodução

O Ministério da Economia anunciou nesta sexta-feira (20), através do relatório de receitas e despesas do orçamento, a redução na projeção de alta do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020 para 0,02%, menos de dez dias após baixar para 2,1% a previsão de crescimento, em meio ao avanço do novo coronavírus no país e seu grande impacto na economia.

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia. Já a inflação, o aumento contínuo e generalizado dos preços na economia, houve alta de 3,05% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) neste ano, contra percentual de 3,12% antes. Na semana passada, o mercado financeiro estimou um IPCA de 3,10% para 2020.

A expectativa de inflação do mercado para este ano segue abaixo da meta central, de 4%. O intervalo de tolerância do sistema de metas varia de 2,5% a 5,5%. A projeção para o preço médio do petróleo Brent caiu a US$ 41,87 por barril, contra US$ 52,70 dólares divulgado na semana passada. Para o dólar em final de período, a estimativa agora é de R$ 4,35, sobre R$ 4,20 antes.