Gol anuncia suspensão de todos os voos internacionais até junho

Operações no mercado doméstico também serão reduzidas

Foto: Reprodução

A Gol Linhas Aéreas, maior empresa aérea do país em tráfego doméstico de passageiros, anunciou a suspensão de todos os voos internacionais até 30 de junho, como parte da estratégia de ajustar as operações ao nova circunstância de demandas por transporte aéreo em meio à pandemia de coronavírus.

A companhia vai diminuir de 90% a 95% a oferta de voos internacionais. Em voos domésticos, a diminuição será de 50% a 60%. Segundo a Gol, a empresa está cumprindo as limitações de viagem dadas pelas autoridades dos países nos quais atua, na América do Sul, na América Central e no Caribe.

Em nota, a companhia afirmou que acompanha de perto as recomendações dos órgãos responsáveis não só com relação à saúde e bem-estar de quem a escolhe para voar, mas também ligadas à flexibilização das políticas de remarcação e cancelamento de viagens nacionais e internacionais.

Os últimos voos da Gol para a Argentina serão entre Rio de Janeiro e Córdoba e Rosário, em 22 de março. Para os Estados Unidos, os últimos de Brasília e Fortaleza para Orlando, saem dia 20, mesmo dia da última operação para o México.