Facebook vai doar US$ 100 milhões para impulsionar pequenas empresas

Valor será enviado para 30 mil empresas que atuam em alguns dos países em que a rede social se encontra, Brasil está incluso

Foto: Reprodução

Facebook anunciou a criação de um programa para ajudar micro e pequenas empresas em 30 países a manter operações durante a crise do novo coronavírus, que tem potencial de prejudicar o lucro de pequenos negócios por conta da quarentena realizada em cidades ao redor do mundo. Conforme a empresa, US$ 100 milhões serão investidos na iniciativa.

O fundo será dividido entre concessão financeira e créditos publicitários na plataforma. Até 30 mil negócios nos países selecionados poderão se inscrever para receber os benefícios. Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook, o objetivo é ajudar nas despesas e reduzir as perdas de faturamento durante a atual incerteza econômica.

A executiva explica que o Facebook ouviu pequenas empresas para entender como poderia ajudá-las. E concluíram que o apoio financeiro permitiria que elas mantenham as luzes acesas e paguem às pessoas que não podem ir ao trabalho. Ela conta que a empresa pretende facilitar o treinamento e o suporte para esses negócios.

O valor total da doação significa cerca de US$ 3,3 mil para cada empresa, em média. Entretanto, o Facebook não informou a divisão de recursos. Segundo a empresa, o dinheiro pode ajudar a pagar a folha salarial, aluguéis e outros custos operacionais. Ainda não há data anunciada para as inscrições, mas o Facebook garante que acontecerá nas próximas semanas.