Lideranças municipais se tornam mais eficientes com inovação

Gove trabalha com governos municipais para trazer mais eficiência à administração pública.

Fundador do Gove, Rodolfo Fiori foi foi selecionado pelo MIT Technology Review como um dos 35 jovens mais inovadoras da América Latina em 2018

Por Letícia Höfke

Nesta sétima matéria da série especial Startups Transformadoras, vamos falar da Gove, que ajuda municípios pequenos a implantar uma administração funcional.

Antigamente chamada de Muove Brasil, a empresa investiu muito para se capacitar para atuação numa área em que regra a inoperância e o descaso. Conscientizar lideranças municipais de pequeno e médio porte para alcançar resultados em organizações mais eficientes não é um trabalho óbvio.

A empresa avalia as contas de municípios de forma a identificar pontos que podem ser modificados para gerar mais receita ou diminuir despesas.

Criada em 2015, a Gove desenhou uma plataforma online que auxilia governos de municípios de até 500 mil habitantes. A tecnologia já é usada em mais de 100 municípios de estados como São Paulo, Bahia e Tocantins. A empresa garante um retorno aos cofres públicos de pelo menos três vezes o valor investido. 

A Gove também capacita profissionais ligados à gestão pública com treinamentos e conteúdo relevante, de forma a promover boas práticas duradouras para o município. 

O início 

A startup foi fundada em 2015 pelo empreendedor Rodolfo Fiori, que teve a ideia como uma tentativa pessoa de auxiliar seu município, São Joaquim da Barra, no interior do estado de São Paulo, que passava por diversas dificuldades. De acordo com ele, os municípios pequenos não contam com o apoio de governos e por falta de recursos, não podem contratar empresas de consultorias que costumam cobrar um valor alto. 

Em 2018, Rodolfo foi selecionado pelo MIT Technology Review como um dos 35 jovens mais inovadoras da América Latina. Atualmente, o Gove está na lista 100 Startups to Watch.