“SaoLuisdoFuturo” lança série sobre startups transformadoras

A Raízs melhora o consumo de comida orgânica e está no raking 100 Startups to Watch

Por Letícia Höfke

Nesta quarta-feira de cinzas (26), o portal SaoLuisdoFuturo, inicia a publicação de uma série de matérias sobre as startups brasileiras que estão fazendo a diferença no ambiente empreendedor do país.

Diariamente teremos uma empresas enfocada. Para a seleção, seguimos o ranking 100 Startups to Watch, organizado pelas revistas Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Época NEGÓCIOS e pelas consultorias Corp.vc e EloGroup.

Na última edição do ranking, entre as 100 escolhidas, dez foram consideradas empreendimentos de impacto social. A série que se inicia hoje pretende mostrar o que cada uma desses negócios traz de evolução para o Brasil e para o mundo.

E-commerce de produtos orgânicos 

A startup Raízs foi uma das citadas entre as dez mais revolucionárias. O empreendimento achou uma solução para melhorar o consumo de comida orgânica.

A empresa trabalha para eliminar intermediários entre o produtor e o consumidor e usa a tecnologia de modo a prever tanto a demanda dos clientes, como a produtividade dos agricultores. Assim, o preço de produtos orgânicos diminui, chegando a serem 30% mais baratos que no supermercado. Além disso, há um desperdício quase zero. 

O início 

O negócio foi fundado por Tomás Abrahão, 25, e Bruno Rebouças, 24. Em agosto de 2014, durante viagens, Tomás – engenheiro de gestão pela Universidade Federal do ABC fez uma observação do hábito de alimentação dos moradores e decidiu tornar o alimento o ponto de conexão entre pessoas e a base de sua empresa.

No fim de 2015, Tomás conheceu Bruno, que é formado em Estratégia Global & Comunicação na Era Digital no MIT e trabalhou na Google Brasil e México durante três anos.

O teste iniciais da  Raízs levaram mais de um ano. Tomás fez viagens para o interior de São Paulo de modo a conhecer e mapear as famílias produtoras de produtos orgânicos, além de fotografar e registrar a história de cada uma delas. Hoje, 39 dessas famílias são fornecedoras da Raízs. 

A plataforma só foi lançada em maio de 2019 após um crowdfunding  para custear os 25 mil reais das primeiras despesas de estoque.  Porém, o financeiro só se complementou com a entrada de um sócio-investidor, Marco Antônio Fujihara, que garantiu à empresa mais 46 mil reais.

Como é hoje

A Raízs tem mais de 300 produtos orgânicos disponíveis, que podem ser comprados separadamente ou em formato de assinatura mensal de cestas com variados tamanhos e entregues todas as semanas. Os produtos só são colhidos após a confirmação do pedido, e as entregas acontecem em média 24 horas após a compra. 

Por enquanto, as entregas acontecem apenas em São Paulo, mas já há a previsão de expandir para o Rio de Janeiro e Curitiba.