Empresa suíça fabrica primeiro chocolate impresso em 3D em grande escala

A máquina será capaz de fabricar milhares de chocolates ao mesmo tempo

Foto: Reprodução

Chocolate personalizado em formas complexas não será mais produzido exclusivamente por chef’s culinários experientes. A empresa suíça Barry Callebaut, uma das maiores fabricantes de chocolate, está pronta para lançar o primeiro chocolate em grande escala impresso em 3D do mundo.

A tecnologia será testada inicialmente na Espanha. Chamada de Mona Lisa, a máquina será capaz de fabricar milhares de chocolates ao mesmo tempo. A tecnologia de impressão 3D já existe em pequena escala na indústria alimentar, essa será a primeira vez que será usada para produzir chocolate em larga escala.

O chef Jardi Roca, mundialmente renomado, vai mostrar em um evento de lançamento da empresa a sua própria peça de chocolate 3D chamada ‘Flor de Cacao’, que representa um grão de cacau que se abre como uma flor de cacau através do contato com o molho de chocolate quente.

O chocolate será o primeiro a ser fabricado na impressora. O chef afirma que esse novo jeito de trabalhar o chocolate surpreenderá os consumidores, que vão se deparar com formatos impensáveis e de precisão impressionante. Ele ainda conta que agora poderá levar as suas experiências com chocolate para outro nível.

O diretor de inovação e sustentabilidade da Barry Callebaut, Pablo Perversi, afirma que a empresa vem trabalhando em chocolate 3D há muito tempo, e sua mais recente tecnologia é capaz de imprimir milhares de peças, mantendo uma aparência artesanal sob medida.

Segundo o executivo, diversas empresas ajudaram a companhia a desenvolver o maquinário. Já o software foi desenvolvido dentro da empresa. Ele conta que será fabricado doces em formatos de coelhos e flores no curto prazo, mirando na Páscoa. Mas a impressora será capaz de dar ainda mais detalhes ao chocolate que não era possível fazer antes.