Valor de voos domésticos tem alta média de 8% em 2019, aponta Anac

O preço médio das passagens voltou a registrar queda só no fim do ano

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) divulgou que o valor das passagens aéreas em voos domésticos dentro do país teve alta média de 8% em 2019. Os dados apontam ainda que o preço médio das passagens para voos domésticos voltou a registrar queda só no fim do ano.

Em novembro, a redução foi de 7,4%, na comparação com o mesmo mês de 2018. Em dezembro, a queda foi de 5,7%. No último trimestre de 2019, a queda acumulada é de 2,2%, também quando comparado ao mesmo período de 2018. 

Ronei Glanzmann, secretário de Aviação Civil (SAC), afirmou que a queda no preço das passagens no final do ano passado indicam que a crise no setor aéreo brasileiro provocada pela fim das atividades da Avianca ficou no passado. A empresa pediu recuperação judicial e, em novembro, a administradora recomendou à Justiça a decretação da falência.

Segundo a Anac, só naquele mês o preço das passagens para voos domésticos tiveram alta de 31,2%, na comparação com 2018. Em junho, nova alta, de 34,6%. Para Glanzmann, o governo entende que a crise causada por uma grande empresa do setor já foi superada e agora começa a buscar a redução de novos patamares de tarifas.

O secretário de aviação civil afirmou que o governo aposta no aumento da concorrência no setor, estimulada por medidas como a que permitiu o controle estrangeiro de empresas aéreas que operam no país, para baixar os preços das passagens.