Lucro dos grandes bancos cresce 18%, mesmo na crise

Lucro dos maiores bancos cresce 18% em 2019, somando R$ 81,5 bilhões

Em 2019, o lucro líquido dos 4 maiores bancos do Brasil ações na Bolsa  (Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Itaú) cresceu 18% em comparação a 2018. Os ganhos acumulados somaram R$ 81,5 bilhões. Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economática, é o maior lucro consolidado nominal já registrado pelos grandes bancos, sem considerar a inflação. 

Itaú tem maior lucro

O Itaú teve o maior lucro entre os grandes bancos, registrando ganhos de R$ 26,583 bilhões – um crescimento de 6,4% sobre 2018. Foi o maior resultado anual nominal já registrado por bancos brasileiros, não ajustado pela inflação. 

Outros bancos 

O Bradesco registrou um lucro de R$ 22,6 bilhões em 2019, tendo uma alta de 18,32% na comparação com 2018. Já o Banco do Brasil reportou lucro líquido contábil de R$ 18,16 bilhões em 2019, aumento de 41,2%. O Santander teve lucro de R$ 14,181 bilhões em 2019, alta de 16,6% frente o ano anterior.

O que mostram os resultados

Esses balanços mostram que as companhias aumentaram ainda mais suas margens de ganhos. Um relatório divulgado em outubro pelo Banco Central, mostrou que a rentabilidade dos bancos brasileiros continuou crescendo em 2019, mesmo com sinais de desaceleração. 

Os aumentos de rentabilidade no primeiro semestre de 2019 foram influenciados pela retomada do crescimento da carteira de crédito, com maior participação do crédito às família e às pequenas e médias empresas.