Analistas enxergam alta na Bolsa e apostam em commodities

Segundo Valor, a negociação do Ibovespa foi negociado em 13,9 vezes relacionado ás ações que compõem o índice

Ibovespa bate recorde histórico e sugere espaço para valorização na bolsa (foto: reprodução)

Diferente do ano passado, quando a Ibovespa apresentou resultado positivo, o período de 2020 parece prever um lento crescimento para valorização na bolsa. Os indícios para a baixa taxa de crescimento são percebidos, por exemplo, em ações de bancos ligadas a commodities.

Em contrapartida, o índice conhecido como múltiplo preço/lucro tem quebrado recordes históricos. O da última sexta-feira (7) foi estimado em cerca de 14 vezes a média histórica.

O que significa o índice múltiplo preço/lucro

De acordo com o Valor, houve a negociação do Ibovespa 13,9 vezes relacionado às ações que compõem o índice, resultado obtido no dia 6 de fevereiro. Gestores consultados pelo Valor explicaram que, apesar do múltiplo elevado, não é possível dizer que a “bolsa está cara”, já que os preços altos estão concentrados em alguns papéis ou setores.

As apostas na Bolsa, em parte, também estão sendo baseadas no cenário econômico positivo. Já a gestora e analista de renda variável da Trafalgar Investimentos, Aline Cardoso, tem papeis específicos que estão um pouco caros. O setor de consumo está caríssimo, por exemplo, caso da Magazine Luiza. Mas não dá para generalizar.

O resultado com múltiplo P/L de commodities foi de 10,23 vezes, já os resultados relacionados à economia doméstica foram de 23,81 vezes, enquanto o resultado de bancos ficou abaixo do aguardado, com ações negociadas a 9,8 vezes o lucro.

Aline acredita em uma maior valorização quanto as ações da Vale, Petrobras e BR Distribuidora, para ela o setor de commodities andou pouco. Se o coronavírus não virar uma epidemia e o crescimento mundial voltar, commodities é um caminho.

Um fator prejudicante e contraditório para a Petrobras e BR Distribuidora foi o congelamento de ofertas de ações que foram detidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Por enquanto, os investidores interessados, esperam por ofertas de papeis quanto a BR Distribuidora.

De acordo com o superintendente sênior, Marcelo Nantes, bancos também despertam interesse, dado o múltiplo baixo e o histórico positivo, mas é preciso aguardar a divulgação dos balanços referentes a 2019. É preciso esperar para ver o impacto do coronavírus na economia chinesa e no preço do minério de ferro. Se não for muito grande, mineração tem que estar no radar.

O fator preço é um ponto citado pela maioria dos analistas e envolvidos, a expectativa em commodities, mais especificamente Vale e Petrobras são grandes.

O analista de investimentos do banco Daycoval, Enrico Cozzolino, declarou que, para ele, ainda há oportunidades em setores como construção e varejo, ainda que sejam considerados caros, já que se valorizaram bastante ao longo do ano passado. Tudo depende dos resultados que essas empresas vão entregar. A bolsa vai se movendo e os lucros das empresas são essenciais para fazer essa análise.