Conheça o projeto de iate futurista que reúne luxo e sustentabilidade

O protótipo possui 112 metros e autonomia para 3.750 milhas náuticas

Um projeto de iate futurista que reúne luxo e sustentabilidade está sendo desenvolvido pela empresa holandesa Sinot — famosa pela espetacularidade dos seus projetos. Chamado de Aqua Ship, a embarcação será o primeiro super iate a usar o hidrogênio líquido e tecnologia de células de combustível, tendo em vista a sustentabilidade.

O luxuoso protótipo de iate possui 112 metros, autonomia para 3.750 milhas náuticas — pouco menos de 7 mil km — e atinge uma velocidade máxima de 31 km/h. O valor da embarcação custa aproximadamente US$ 644 bilhões — ou quase R$ 3 bilhões. As expectativas é que os primeiros protótipos estejam na água a partir de 2024.

A única emissão proveniente da utilização do iate é o vapor d’água. O sistema é alimentado por dois tanques selados de hidrogênio líquido, com capacidade total para 28 toneladas de combustível. A embarcação opera com dois motores principais de 1MW de potência e mais dois propulsores auxiliares com 300 kW, reservados para manobras específicas.

Devido à propulsão elétrica, o Aqua também é um iate muito silencioso, com muito pouco ruído ou vibrações. Já o interior foi projetado para oferecer o máximo de privacidade e espaço possível. As representações mostram uma sala de hidromassagem, sala de yoga, plataforma de banho e plataforma de praia, junto a uma piscina infinita. Além disso, há também um heliporto e um spa.

A embarcação foi apresentada no Monaco Yacht Show no ano passado, e ganhou fama após a divulgação de algumas notícias que afirmavam que Bill Gates, fundador da Microsoft, havia comprado um. Entretanto, a empresa informou em nota oficial que o iate Aqua Ship é um conceito em desenvolvimento, sem relação comercial alguma com o bilionário.

Conheça melhor o iate futurista: