UFPR inaugura a maior usina solar do Brasil construída em estacionamento

A instalação funciona como um estacionamento para carros onde o telhado é substituído por painéis solares

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) inaugurou neste mês a maior usina solar fotovoltaica construída em estacionamento (carport) do Brasil, o que lhe permitirá economizar até R$ 1,5 milhão por ano com energia elétrica — 50% do atual consumo do Campus Politécnico, ou o suficiente para abastecer 722 residências.

Resultado de um investimento em torno de R$ 5 milhões, ela faz parte do Programa de Eficiência Energética da Aneel, com participação da Fundação da UFPR. A nova usina solar fotovoltaica foi construída pelo Grupo Alexandria em 90 dias, considerado um recorde em função das complexidades envolvidas em sua instalação.

Alexandre Brandão, CEO da empresa, conta que a instalação de 10 mil metros quadrados é a maior usina em carport do Brasil. Ele explica que havia o desafio de construir uma cobertura de estrutura consistente para manter a segurança dos carros e ao mesmo tempo gerar energia, o que tornou um projeto complexo de ser executado.

A iniciativa tem como objetivo promover projetos que fazem uso eficiente de energia elétrica. A instalação funciona como um estacionamento para carros onde o telhado é substituído por painéis solares que geram eletricidade. Os painéis solares foram instalados no estacionamento do Centro Politécnico, no Jardim das Américas.

Alexandre Brandão explica que usinas solares fotovoltaicas em modelo carport levam, em média, oito meses para serem construídas. Segundo ele, a ideia é permitir que tanto os alunos quanto os professores da universidade também utilizem a instalação para o desenvolvimento de estudos e pesquisas.

O complexo solar da UFPR tem capacidade para gerar 1.299,715 MWh por ano, o que corresponde ao consumo médio de 722 residências. A nova usina foi projetada para evitar a emissão de 96 toneladas de CO² na atmosfera, o equivalente à preservação de 4.372 árvores, conforme a empresa. Quase 3 mil módulos de placas solares cobrem 375 vagas no estacionamento.