Grow tira bicicletas de circulação e deixa 14 cidades

A Grow, criada da fusão entre Grin e Yellow, segue operando patinetes apenas em São Paulo (SP), no Rio de Janeiro (RJ) e em Curitiba (PR)

Grow, holding dona das marcas de micromobilidade GrinYellow, anunciou mudanças em suas operações brasileiras. As patinetes elétricas ficarão apenas em algumas cidades e as bicicletas estão temporariamente fora de ciruculação. As alterações surgem pouco após a concorrente Lime ter encerrado suas operações no Brasil.

A startup de mobilidade retirou as bicicletas de circulação para que sejam submetidas a um processo de checagem e verificação das condições de operação e segurança. A Grow segue operando patinetes apenas em São Paulo (SP), no Rio de Janeiro (RJ) e em Curitiba (PR). As patinetes que estavam nessas cidades serão transferidas para as cidades em operação.

A Grow afirmou em comunicado que a decisão foi tomada para que a companhia promova um ajuste operacional e continue prestando serviços de forma estável, eficiente e segura. A empresa ainda disse estar em busca de parcerias públicas e privadas para fortalecer e expandir sua operação, e que está buscando a recolocação dos colaboradores demitidos.

A Grow

A Grow é uma holding que nasceu em janeiro de 2019, após a fusão entre as empresas de patinetes e bicicletas elétricas e compartilhadas Grin e Yellow. O negócio está em sete países da América Latina e realizou mais de 20 milhões de corridas desde o começo das duas marcas, em agosto de 2018.