Galaxy Fold: celular com tela dobrável da Samsung, chega ao Brasil por R$ 12.999

Lançamento conta com tela externa de 4,6 polegadas e tela interna de 7,3 polegadas

Samsung anunciou a chegada no Brasil do Galaxy Fold, smartphone com tela dobrável da empresa. O aparelho, que é o primeiro celular com tela dobrável do Brasil, sai com preço sugerido de R$ 12.999 e começa a ser vendido no dia 22 de janeiro — valor 35% maior que o iPhone mais caro.

O Galaxy Fold foi anunciado mundialmente no evento da Samsung em fevereiro de 2019 e chamou atenção por ser o primeiro celular desse tipo lançado pela empresa. O aparelho tem com 6 câmeras e uma tela de 7,3 polegadas na parte de dentro — quase um tablet pequeno —, além de uma tela menor de 4,6 polegadas, na parte externa, para tarefas mais cotidianas.

O lançamento ocorre após um ano marcado por problemas e polêmicas em relação a qualidade da tecnologia da tela dobrável e em relação a durabilidade do aparelho em si. Segundo a Samsung, as vendas oficias serão feitas exclusivamente no site oficial da companhia em um primeiro momento. Ainda não há informações sobre quando as vendas serão liberadas para as lojas físicas.

Por causa das duas telas, existe uma função de continuidade de aplicativo: quando o celular é aberto, a função que estava sendo utilizada na tela menor é transferida automaticamente para a tela maior. O Galaxy Fold também vem com uma “super bateria”, de 4.380mAh com carregamento super rápido.

Ele ainda conta com um processador Snapdragon 855 de oito núcleos, 512GB de armazenamento e 12GB de memória RAM. O Fold que chega ao país vem apenas na cor preta e sem compatibilidade com redes 5G — uma vez que país só deve ter redes móveis de alta velocidade em 2022, segundo o governo federal.

O conjunto de seis câmeras é composto por três na traseira, duas na parte interna e uma na parte externa. A câmera frontal tem 10MP com abertura f/2.2, as câmeras do interior têm 10MP com abertura f/2.2 e 8MB com abertura f/1.9, para efeito desfocado em selfies, e as câmeras traseiras têm ultra-grande angular com 16MP, grande angular com 12MP e tele com 12MP, para zoom óptico de 2x.

Por ora, o Fold é o primeiro celular com tela dobrável a chegar ao mercado brasileiro. A Motorola, segunda colocada em número de vendas de celulares — atrás apenas da Samsung — também anunciou que venderia no país o Motorola Razr, com tela dobrável, a partir de janeiro deste ano, mas ainda não há data definida para o lançamento.