Unicórnio brasileiro Ebanx lança carteiras digitais para consumidores

A fintech de pagamentos Ebanx, uma das mais recentes startups no Brasil a se tornar um unicórnio — empresas avaliadas em US$ 1 bilhão ou mais —, começa nesta quarta-feira (15) a disponibilizar suas carteiras digitais para 10 mil consumidores numa fase de teste, fortalecendo e ampliando seu portfólio de produtos para além dos serviços de comércio eletrônico.

Chamado de Ebanx Go, o projeto tem sido gestado dentro da startup há cerca de um ano, envolvendo o trabalho diário de um time de 30 pessoas. À princípio, a conta oferecerá cartão e concederá aos clientes descontos de 5% nas compras, além de recursos de pagamento, juntando-se a uma série de aplicativos que desafiam os bancos tradicionais do Brasil. 

Os testes estão sendo feitos com uma pequena fração dos 55 milhões de pessoas na América Latina que pagam compras pela internet com a ajuda da fintech paranaense. De acordo com o diretor financeiro e cofundador Wagner Ruiz, a meta é colocar a conta digital e o cartão da empresa na mão dos brasileiros no início do segundo semestre de 2020.

O executivo ainda disse que a empresa pode eventualmente oferecer contas de poupança e outros serviços e expandi-los para mais países da América Latina. Além do Brasil, a Ebanx atua no México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Equador e Bolívia. Mais de 100 empresas brasileiras oferecem contas de carteira digital, produtos que atraíram cerca de 50 milhões de clientes até agora.    

A Ebanx

Os empreendedores Alphonse Voigt, Wagner Ruiz e João Del Valle, se uniram para fundar a Ebanx em 2012, depois de pesquisas próprias estimarem que o tamanho do mercado de pagamentos em sites de outros países no Brasil se situaria entre 5 bilhões e 7 bilhões de dólares ao ano, crescendo com a expansão do comércio eletrônico. A maior inspiração veio do serviço de pagamentos online PayPal.

A expansão iniciou pela América Latina em 2016, e ajudou mais de 50 milhões de latino-americanos a acessarem serviços e produtos globais, e mais de mil sites internacionais a expandirem para a América Latina. A Ebanx tornou-se em 2019 um unicórnio, jargão do mercado para classificar startups avaliadas em mais de um bilhão de dólares, após um aporte da empresa de investimentos FTV Capital.