Ministro planeja ativar Alcântara comercialmente em 2022

O ministro espera inaugurar lançamento de foguetes comerciais em 2022 

Em entrevista concedida ao UOL e a Folha de São Paulo, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, revelou suas expectativas para 2020. Entre elas, a criação de ao menos dois centros de pesquisa na floresta amazônica e a realização do leilão para implementar a rede 5G no Brasil. 

O ministro, que também é astronauta – e primeiro brasileiro a ir ao espaço – disse à reportagem que espera inaugurar, em 2022, os lançamentos comerciais de foguetes no Centro de Lançamento de Alcântara.

Marcos Pontes disse que em 2020, o governo vai aumentar o estado operacional das equipes de lançamento para que em 2021, comece o tratamento com a Agência Espacial Brasileira. Espera-se fazer alguns lançamentos de foguetes suborbitais para testar os sistemas. Em 2022, já deve estar tudo pronto para o lançamento comercial.

Ele também falou sobre os quilombolas da região. Garantiu que as mudanças vão ser sempre discutidas com os moradores e que pretende preservar a história e a cultura de Alcântara, mantendo um acordo com as pessoas.

Já em relação a Amazônia, Marcos Pontes afirmou que pretende ter prontos, até dezembro, dois laboratórios-pilotos para pesquisa da biodiversidade da Amazônia e de ativos que podem ser aplicados em produtos comerciais, como novos remédios e cosméticos. O governo vai aproveitar a infraestrutura já existente na região.