Uber e Hyundai fecham parceria para fabricação de carro voador

Iniciativa integra o Uber Elevate que quer transformar a locomoção aérea em realidade

A Uber e a Hyundai Motor Company fecharam uma parceria para desenvolver uma futura rede de compartilhamento de viagens aéreas. As empresas pretendem entrar na corrida global para fabricar pequenos carros voadores que reduzem o congestionamento urbano. Foi apresentado um conceito de aeronave em escala completa na Consumer Electronics Show.

O modelo S-A1 da Hyundai foi projetado para uma velocidade de até 290 km/h, atingir altitude de navegação de 1.000-2.000 pés (300 a 600 metros) acima do solo e para viagens de até 100 km. O veículo será 100% elétrico, utilizando propulsão elétrica distribuída e, durante os horários de pico, será necessário cerca de cinco a sete minutos para recarregar.

Com capacidade para quatro passageiros, os veículos serão pilotados inicialmente, mas com o tempo eles se tornarão autônomos. A concepção apresentada pela Hyundai, primeira empresa automotiva a aderir à iniciativa do Uber Elevate, foi criada em conjunto com a equipe comandada por Mark Moore, diretor de engenharia da aviação da Uber.

Para aumentar a segurança da aeronave, o modelo da Hyundai utiliza propulsão elétrica distribuída, alimentando vários rotores e hélices em torno da estrutura da aeronave diminuindo qualquer ponto único de falha. A estrutura também reduz os ruídos em relação aos grandes helicópteros de rotor com motores de combustão.

A Hyundai produzirá e implantará os veículos, enquanto a Uber fornecerá serviços de corridas aéreas compartilhadas, o Uber Air. Euisun Chung, vice-presidente executivo da Hyundai, disse que espera a comercialização do serviço de mobilidade aérea urbana em 2028, acrescentando que leva tempo para que leis e sistemas sejam implementados.