Banco do Brasil dobrou o número de contas digitais em 2019

O objetivo da Conta Fácil é possibilitar o cadastro e movimentação da conta pelo próprio celular de forma prática

A Conta Fácil, conta digital do Banco do Brasil, alcançou cerca de 1,1 milhão de clientes em 2019. Criada em 2016, a abertura é feita completamente pelo celular através do aplicativo do banco para Android e iOS (iPhone). O produto obteve um crescimento de 50%, alcançando a marca de 2 milhões de contas ativas. 

O objetivo do serviço é que o usuário titular possa realizar o seu cadastro e movimentar a sua conta pelo próprio celular de forma prática. É possível concluir a abertura da conta digital em poucos minutos, o aplicativo só solicita o preenchimento de dados pessoais. A Conta Fácil possibilita que o registro seja feito sem a necessidade de envio de documentos, físicos ou escaneados, para a identificação do usuário.

Após a abertura da conta, o cliente já pode depositar em dinheiro, sacar e realizar transferências e pagamentos. O limite inicial de movimentação mensal é de R$ 500,00. Embora não seja obrigatório o envio de documentos, os clientes que encaminharem uma selfie com um documento de identificação conseguem aumentar o limite de movimentação da conta para R$ 5 mil ao mês.

O gerente-executivo de gestão e serviços do Banco do Brasil, Lucio Bertoni, explica que a Conta Fácil não concorre com as modalidades já disponíveis no banco. De acordo com ele, caso o cliente demande crédito, investimento ou outros produtos não previstos no enxoval dessa modalidade, poderá solicitar alteração no próprio aplicativo, na opção upgrade de conta, ou junto à rede de agências.