IEMA abrirá mais oito unidades de ensino no estado

Mais de 2.500 alunos foram aprovados e irão ingressar nas novas unidades

Mais de 2.500 alunos foram aprovados e irão ingressar nas novas unidades (foto: reprodução)

Em 2020, passam a funcionar mais oito unidades do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA). Atualmente funcionam 12 unidades vocacionais, com cursos voltados ao mercado profissional regional e outras 13 unidades plenas que oferecem ensino integral e profissionalizante. O IEMA já possui 26 unidades em pleno funcionamento.

O reitor do instituto, Jhonatan Almada, disse que a expansão do IEMA continua em 2020. O projeto criado completará 5 anos, com a missão de oferecer educação profissional, científica e tecnológica de qualidade à população. Somente São Paulo, com o Centro Paula Souza e Rio de Janeiro, com a FAETEC, fazem isso hoje.

A distribuição das novas sedes acontecerá da seguinte maneira: novas unidades vocacionais funcionarão em São Mateus, Loreto, Palmeirândia e São Luís (Rio Anil).

Já as unidades plenas serão inauguradas em São Luís (Bacelar Portela, Rio Anil e Gonçalves Dias), além de uma delas ficar na cidade de São Vicente Férrer.

O edital de N° 18/2019 (que lista os documentos obrigatórios para a realização da matrícula) exige que os candidatos a ingressarem nas novas unidades devem realizar matrícula entre os dias 6 a 10 de janeiro.

De acordo com o instituto, mais de 2.500 iniciarão ano letivo em 2020 nas escolas de unidades plenas. Dos alunos selecionados, 55% são atendidos por meio do programa Bolsa Família e 75% são estudantes de escolas públicas.