Cofundador da Uber deixa a empresa para investir em cozinha industrial

Kalonick vendeu suas ações da Uber por um valor que ultrapassa 3 bilhões de dólares

Travis Kalanick, cofundador da Uber (foto: reprodução)

De acordo com a Uber, até o fim de 2019, Travis Kalanick, confundador da empresa, deixará o conselho de administração que ocupa desde 2009, ano que ajudou a construir a Uber. Kalanick, que após essa decisão vendeu todas as suas ações, migra para o segmento de cozinhas industriais com o projeto “cozinhas fantasmas para serviços de entrega de comida“.

Contratempos

Mesmo sendo cotado com um dos grandes nomes da empresa, o confundador já enfrentava alguns contratempos com a Uber desde 2017, quando efetivamente abdicou de seu cargo de presidente-executivo.

Com enorme engajamento em todo o mundo, a Uber teve grande participação de Kalanick no sucesso de seus negócios, ele foi uma das principais peças no quesito transformação da Uber na maior empresa de transporte privado do mundo, a tornando uma das principais temidas e que chegou ao topo da revolução da indústria de táxis.

Visão e tenacidade

Dara Khosrowshahi, atual presidente-executivo da Uber, declarou que poucos empreendedores construíram algo tão profundo quanto Travis Kalanich fez com a Uber e fez questão de frisar sua visão e tenacidade.

Enquanto alguns envolvidos viam nele um grande exemplo de empreendedor, outros o achavam ousado demais e, com sua ousadia demasiada, era responsável por uma série de escândalos e reclamações sobre sua gestão, levando à decisão dos acionistas para tirá-lo do cargo.

Startup de entrega de refeições

Hoje, após sua saída da Uber, Kalanick trabalha em uma startup responsável pela entrega de refeições, valendo lembrar que o serviço não gera cobrança, os funcionários recebem sua refeição em seus locais de trabalho com comodidade e sem taxa de entrega. Por meio de comunicado, Kalanick disse que agora a Uber era uma empresa pública, ele queria se concentrar em seus negócios atuais e atividades filantrópicas.

CloudKitchens

De acordo com um porta-voz, Kalonick vendeu suas ações da Uber por um valor que ultrapassa 3 bilhões de dólares. Segundo o Crunchbase, o novo empreendimento, conhecido como CloudKitchens, captou 400 milhões de dólares de investidores, até o momento.

Muitos investidores ficarão felizes em ver esse capítulo sombrio no espelho retrovisor, informaram em nota os analistas da Wedbush, Ygal Arounian e Daniel Ives.