Fintech lança aplicativo que substitui maquininha de pagamentos

Objetivo é democratizar os meios de pagamentos para todos os microempreendedores

Maquininha de pagamentos que cabe no bolso? A Ceopag, rede de franquias de soluções de pagamento, recebeu um investimento de R$ 5 milhões para desenvolver um aplicativo para substituir a maquininha de pagamentos. A ferramenta foi testada com 200 lojistas, e a meta é lançar para todo o mercado em janeiro. 

A fintech, criada em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, tem como objetivo oferecer para microempreendedores com faturamento entre R$ 1 mil e R$ 100 mil por mês, e que ele tenha potencial para movimentar R$ 50 milhões por ano. Kawel Lotti, fundador da Ceopag, explica que a tecnologia terá informações criptografadas, além de reconhecimento facial através de inteligência artificial.

O download do aplicativo será gratuito e a rentabilidade da franquia virá da taxa de administração cobrada pelo uso de cartões de crédito e débito. Para enfrentar a concorrência do setor, Lotti diz que a fintech vai oferecer pagamento de vendas à vista e parceladas na conta do empreendedor. A marca também terá cartão e conta digital, sem cobrança de taxa de administração.

O executivo afirma que os usuários já fazem o cadastro dentro das normas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entra em vigor a partir de agosto de 2020 no Brasil. A marca ainda assegura que o aplicativo utiliza os mais seguros protocolos de segurança. A Ceopag é presente em 21 estados e 210 cidades dos país.