Google é multada em 150 milhões de euros por abuso de publicidade

A empresa também precisa esclarecer as regras de operação de sua plataforma do Google Ads e suspensão de contas

Foto: Reprodução

Na última sexta-feira (20), o Google, por meio de sua plataforma Google Ads foi multado por conta de abuso de posição dominante de publicidade na internet. O ocorrido aconteceu na França, com penalidade aplicada pela autoridade reguladora de concorrência francesa e o valor a ser pago pela empresa chega à casa dos 150 milhões de euros.

Além da multa milionária a ser paga, o Google também precisa esclarecer as regras de operação de sua plataforma do Google Ads e os processos de suspensão de contas, essa foi uma outra exigência feita pela a agência francesa e por alguns anunciantes. Valendo ressaltar que o Google nunca havia recebido sanções aplicadas por autoridade francesa

Segundo a presidente da autoridade, Isabelle De Silva, esta é a terceira punição mais importante por abuso de posição dominante. De acordo com Isabelle, quando se tem grandes poderes, se tem grandes responsabilidades.

A presidente ressaltou que é perfeitamente legítimo que uma operadora como o Google tenha regras de acesso ao seu serviço de publicidade relacionadas a buscas na internet, mas essas regras devem ser claras e não depender de cada cliente ou aplicadas de maneira irregular.

Isabelle disse ainda que a falta de clareza a respeito das regras que o gigante americano aplica aos anunciantes conseguiu conter o desenvolvimento de novos sites inovadores. A posição do Google é extraordinária no mercado de publicidade relacionada a mecanismos de busca, com uma participação de mercado entre 90% e 100%.

O Google deve enviar um relatório dentro de dois meses, detalhando as medidas e procedimentos que pretende aplicar para atender aos requisitos, finalizou ela.