AirPods Pro da Apple é lançado por R$ 2,2 mil

A versão mais recente possui o processador da Apple H1, responsável pelo cancelamento de ruído

A Apple lançou os fones de ouvido sem fio da linha AirPods Pro no Brasil por R$ 2,2 mil. A nova versão tem o processador da Apple H1, responsável pelo cancelamento de ruído, que reduz a interferência de sons externos. O preço sugerido dos AirPods Pro no mercado brasileiro é de 2.249 reais.

A empresa ainda criou uma função chamada de “modo ambiente”, em que os microfones podem ser ligados para permitir a entrada de som externo e evitar o isolamento total. A função reduz a intensidade do cancelamento de ruído para ser possível ouvir com clareza o que as pessoas dizem.

Além disso, os novos fones de ouvido portáteis da Apple vêm com um design que conta com três pontas de silicone para o ouvido, que assegura um encaixe mais seguro e confortável. Os AirPods Pro ainda indicam ao usuário qual ponta do fone é a mais adequada para a sua orelha. Há três opções de tamanhos: pequeno, médio e grande. 

Outra novidade é que, diferente das versões anteriores, a novo produto é resistente a suor e água, o que deve ajudar bastante quem usa em ambientes abertos ou na academia. E, assim como o modelo anterior dos fones, os AirPods Pro permitem também que sejam feitas ligações e interação com a Siri, além do uso para o entretenimento. 

A autonomia de bateria estimada é de 5 horas de reprodução de músicas, ou até 4,5 horas com o cancelamento de ruído ligado. No entanto, a autonomia de uso pode chegar até 24 horas, já que a caixinha para transporte também é um carregador portátil. E, seu driver oferece áudio detalhado de média e alta frequência, e graves ricos e consistentes de até 20Hz.

Os AirPods contam ainda com um sistema inovador de ventilação para equalizar a pressão e minimizar o desconforto que os fones intra-auriculares podem trazer para algumas pessoas. Os AirPods Pro são, atualmente, os únicos fones sem fio intra-auriculares com cancelamento de ruído lançados por uma grande empresa de tecnologia no mercado brasileiro.