Investir em educação gera mais oportunidade, diz o investidor Paulo Lemann

Para Lemann, não existe outro atalho para o país crescer se não for a educação de qualidade às crianças

Jorge Paulo Lemann, investidor e o homem mais rico do país, na atualidade (foto: reprodução)

A educação e sua melhor forma de ser passada é a mais eficiente maneira de educar nossas crianças. Ondas de violência e desavenças políticas não levarão a nenhum resultado, o investidor Jorge Paulo Lemann, em uma entrevista cedida ao jornal O Globo, declarou que o Brasil briga demais. Briga-se muito na política. Isso é ruim. Esse clima todo de divergência impede a produção consensos. Não existe atalho para o país crescer no longo prazo se não for oferecer educação de qualidade às crianças.

Lemann disse ainda que todo mundo concorda que é preciso investir mais e melhor na educação, mas como fazer a decisão certa com tanta briga? País bom é onde as pessoas têm a mesma oportunidade. E a educação é a que gera oportunidade.

Questões ligadas às brigas políticas no país levam o investidor a duvidar de uma melhora social e econômica, ele frisa que não se mete em política partidária. Não influencia ninguém, não diz a ninguém como deve votar. Ressalta que a corrupção produz uma economia ineficiente, que acaba contaminando toda a sociedade.

Lemann declarou, a partir de seu ponto de vista sobre lição do fracasso, que não existe zona de conforto. É nos negócios, é no esporte, é na vida. Você não pode parar, não pode descuidar um minuto.