BNDES e Qualcomm investem em fomentar internet das coisas com fundo milionário

O pretendido pelas empresas é aportar 50% do valor total do fundo, o que é equivalente a R$ 80 milhões

O fundo visará o desenvolvimento do ecossistema de startups e de IoT (foto: reprodução)

Startups do segmento de criação de serviços e produtos para internet das coisas receberam, nesta última quarta-feira (18), um aporte milionário que partiu de uma parceria entre o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e a Qualcomm Venture, a iniciativa visa fortalecer o setor dentro do país, para isso, foram investidos recursos do fundo no valor de R$ 160 milhões.

Em comunicado após a novidade do investimento, o BNDES e a Qualcomm pretender aportar 50% do valor total do fundo, o que equivale a R$ 80 milhões. Para fortalecer na composição do valor integral, o banco confirmou que convidou outros investidores a participarem desta iniciativa.

O BNDES, por meio de seu comunicado, continuou explicando que o fundo será administrado por um gestor a ser selecionado pelo BNDES e pela Qualcomm por meio de um edital de seleção, disponível no site do banco de fomento. Os gestores de fundos de investimentos em participações poderão encaminhas suas propostas até o dia 7 de fevereiro do ano que vem, acrescentou a instituição de fomento.

O lançamento do fundo vem em um bom momento de retomada do crescimento econômico e contribuirá para o desenvolvimento do ecossistema de startups e de IoT. Fundos como esse são instrumentos inovadores para fomentar o empreendedorismo no Brasil, principalmente em setores de maior risco, como o de tecnologia, declarou Gustavo Montezano, presidente do BNDES.